Frigoríficos pagam até R$ 2 a mais por arroba para concluir programação semanal

Confira as principais noticias sobre o mercado do boi gordo

O mercado do boi gordo foi movimentado nesta véspera de feriado. Segundo a consultoria XP Investimentos, em São Paulo, os frigoríficos aceitaram pagar até R$ 2 a mais por arroba do que o proposto no balcão para concluir as programações de sábado e poder, então, dar foco aos abates da próxima semana.

De uma maneira geral, as escalas das indústrias seguem enxutas, entre três a quatro dias para os frigoríficos menores. A alta na arroba, ao menos no curto prazo, não soa desagradável para as indústrias, que elevam as margens operacionais com valorizações na carne, tanto na carcaça quanto na carne sem osso.

A consultoria alerta ainda para o fato de que o maior frigorífico do país encontra muitas dificuldades de compra e acaba cedendo, em preço e/ou prazo de pagamento, nas negociações. No curto prazo, o fato pode distorcer as referências no mercado físico.

Caso o consumo ganhe ritmo nas próximas semanas, junto ao encurtamento das escalas e estoques, é plausível esperar por um cenário de preços firmes para o boi.

Boi gordo no mercado físico (R$ por arroba)
Araçatuba (SP): 139,00
Belo Horizonte (MG): 135,50
Goiânia (GO): 129,00
Dourados (MS): 131,00
Mato Grosso: 125,00-127,00
Marabá (PA): 129,50
Rio Grande do Sul (oeste): 4,35 (kg)
Paraná (noroeste): 137,00
Tocantins (norte): 131,00

Fonte: Scot Consultoria e XP Investimentos.

EZEBU
©2017 eZEBU | Desenvolvido por R2T Tecnologia Inteligente - Termos de Uso