Boi gordo: mercado começa a demonstrar firmeza e preço da arroba sobe

Feriado da próxima semana pode ajudar no escoamento da carne

Aos poucos o mercado do boi gordo começa a demonstrar maior firmeza. A injeção de capital através do pagamento dos salários, associada aos feriados na primeira quinzena do mês, está dando suporte para cotações firmes, sobretudo nas praças pecuárias de São Paulo.

No estado, as programações de abate atendem entre três a quatro dias e deixam pouco espaço para que os frigoríficos testem o mercado com ofertas de compra a preços menores.

Em São Paulo, a arroba do boi gordo subiu em todas as regiões e está cotada em R$ 138, à vista, livre do Fundo de Assistência do Trabalhador Rural (Funrural), alta de R$ 1 por arroba frente ao fechamento do dia anterior.

No mercado atacadista de carne bovina com osso, a cotação também subiu. O boi casado de bovinos castrados está cotado em R$ 9,43 o quilo, alta de 2,2% na comparação semanal. Essa valorização da carne no mercado atacadista reflete alguma melhoria nas vendas, advinda do período de início de mês.

Para os próximos dias, o feriado da próxima semana pode ajudar no escoamento da carne e, por outro lado, atrapalhar a compra de boiadas, o que pode dar sustentação para às cotações do boi gordo.

Boi gordo no mercado físico (R$ por arroba)
Araçatuba (SP): 138,00
Belo Horizonte (MG): 134,00
Goiânia (GO): 128,00
Dourados (MS): 131,00
Mato Grosso: 124,00-127,00
Marabá (PA): 128,00
Rio Grande do Sul (oeste): 4,30 (kg)
Paraná (noroeste): 137,00
Tocantins (norte): 130,00

Fonte: Scot Consultoria

EZEBU
©2017 eZEBU | Desenvolvido por R2T Tecnologia Inteligente - Termos de Uso